Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sam ao Luar

Sam ao Luar

10
Mai21

Aquele dia em que não sabes se estás bem se estás mal.

Sam ao Luar

Sabes aquele dia?

Acordas com vontade de sair da cama porque até já dormiste demais e te começa a doer o pescoço do desconforto da almofada. Mas não te queres levantar…

Estás com fome e com vontade de tomar o pequeno-almoço. Café com leite bem escuro e torradas com manteiga. O costume e com bastante gordura, para dar energia para a manhã (claro, que a gordura não se traduz em energia… mas sabe bem). E, no entanto, terminas o pequeno-almoço enjoada.

Arranjaste a roupa para vestir no dia anterior, até consultaste a meteorologia e sabes (mais ou menos, é sempre incerto) como vai estar o tempo. Olhas para a roupinha e parece que estavas louca: as calças não vão bem com a camisola, a t-shirt que pões por baixo faz-te parecer a hospedeira de bordo ou a caixa do supermercado e as cuecas não dão com as meias.

Calças as sapatilhas brancas (tudo vai bem com sapatilhas brancas) e o tempo está de chuva. Que se “nixe”. Agora já está.

Por acaso até encontraste um lugar fixe para estacionar…

Gostas muito da tua colega de trabalho. É inteligente e muito culta. Uma conversa muito boa. Piadas inteligentes, daquelas que ninguém percebe exceto tu, mas como se costuma dizer “mentes brilhantes pensam igual”! (modestas, somos muito modestas). Mas hoje não te apetece piadas, nem ouvi-las, nem fazê-las, nem sequer ouvir barulho. Pode ser só a chuva.

De tarde, vai fazer outros afazeres. E ficas sozinha, outra vez, com tudo o que é inerente ao teu trabalho sem partilha possível. Com o desenrolar da vida e das tuas preocupações todas na tua mente às voltas, incessantemente, uma e outra vez. Sem companhia. Sem um adulto. Já estive nesta situação uma vez, durante alguns anos. Sou triste, pareço melodramática. Tenho a certeza que me irei dar a conhecer melhor com o tempo.

Quando tudo à nossa volta é triste, e tu não sabes se estás bem se estás mal.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub