Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sam ao Luar

Sam ao Luar

29
Dez21

Vou só ali deitar-me com ele e já venho.

Sam ao Luar

No início do ano letivo, fui à médica de família com a pequena criatura despistar uma infeção urinária. Afinal, o facto de ele ir à casa de banho de meia em meia hora e a fase de pesadelos era "só" um pico de ansiedade. Ansiedade, sério? Um puto de 7 anos? Tudo bem que eles também sintam essas coisas, mas a sério que eles já têm que lidar com isso nestas idades?

Estes dias, voltamos ao mesmo. Período pré-mini-isolamento-com-contenção-de-contactos-e-teletrabalho. E eu tenho para mim que sou eu que lhe passo estes sentimentos de ansiedade generalizada, porque eu também os vivo. Portanto, não presto mesmo.

Antes de adormecer, tem dias que nos pede para que nos deitemos um bocadinho ao lado dele. Se há dias em que até faço gosto, há outros em que simplesmente não me apetece. Apetece-me espetar o rabo no sofá, com o cérebro desligado e a língua de fora, a ver o que quer que esteja a dar na TV ou a jogar o jogo do costume. Sim, eu sei que não presto.

Num destes dias, ele chamou-me e pediu para que me deitasse à beira dele. Respondi-lhe (sem intenção de o fazer) que já estava a ficar grande e que eu estava mesmo ali ao lado. Passados minutos, voltou a chamar, desta vez a chorar. Mas um choro dolorido a sério!

Que se passa?, perguntei eu. "Estou triste, porque quando fores velhinha e já não estiveres aqui, eu vou ter saudades que estejas deitada à minha beirinha".

Posto isto, não tenho comentários nem dissertações a fazer. Vou só ali deitar-me ao lado dele as vezes que ele quiser e cheirá-lo todo, até ao dia em que ele já não quiser mais. E aí, sou eu quem vai ter saudades.

11
Jun21

A noite não é boa conselheira.

Sam ao Luar

Diz o povo que a noite é boa conselheira. Pois, eu cá não acho.

Compreendo, no entanto, tal afirmação. É de noite que o cérebro tem tempo para parar e... começar a pensar naquilo que não deve. 

Pois que esta mãe de um de 6, esta noite, enrola, rebola, tira combertor, põe cobertor, tira meia, põe meia, vira de barriga para baixo, para cima, mete os pés de fora, tem fome, não come, fecha o olho mas depois abre outra vez. Isto tudo porque o meu estimado cérebro, esta noite, lembrou-se que o meu único de 6 vai para o 1º ano já neste Setembro.

Ainda não saíram os resultados das matrículas, pelo que ainda não sei se ficará na escola que escolhi como prioridade. E, poranto, toda a preocupação que isso, por si só, já acarreta.

No entanto, o meu cérebro preocupa-se mais com as coisas do foro do coração e a capacidade de desenrascanso que a minha criatura terá. Imaginei o meu filho no primeiro dia de aulas e revivi a cena de à, aproximadamente, três anos atrás, em que o arrancaram do meu colo para que ficasse no infantário: "não se preocupe, mãe, ele fica bem, vai ver! sofremos mais nós que eles!". E tinham razão, mas dói no coração.

Depois imaginei a minha criança, no intervalo, com o seu lanchinho (que irei ter que começar a preparar carinhosamente todos os dias). Pensei cá para mim: e se ele não consegue abrir o iogurte? E se, por acaso se suja todo, e as outras crianças gozam com ele? e se... e se... 

E se ele até tem vergonha de pedir à professora para ir à casa de banho e até tem um descuido? 

Depois revivi na minha mente uma conversa que tivemos. Ele a chorar, sentado no meu colo, eu sentada no chão da casa de banho. Ele de olhar triste, cara de sofrimento. "E se ninguém gostar de mim e eu não tiver amiguinhos?" Respondo-lhe que todos vão gostar dele porque é o melhor menino do mundo!

Vão tirar o meu pequeno tesouro, de novo, do seu porto de abrigo, da sua zona de conforto.

Será que ele sofre como eu? Ou nem sequer pensa nisso e, mais uma vez, sofremos mais nós do que eles? 

A noite é boa conselheira? Uma porra que é! 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub